Saiba o que fazer se seu filho levou uma mordida de um animal na rua

Animais e crianças podem até serem ótimos amigos, desde que você ensine seu filho que esses pets não são bichinhos de pelúcia e podem reagir ferozmente se forem incomodados, se sentirem ameaçados ou em situação de perigo. Por isso saiba o que fazer se seu filho levou uma mordida de um animal na rua

Fato é que mesmo ensinando os pequenos sobre essa questão, pode acontecer de seu filho levar uma mordida de um animal na rua.

Saiba que qualquer mordida de animal, seja de cão, rato, gato ou outro animal doméstico ou silvestre, podem causar infecções até fatais se não forem devidamente tratadas.

Então, se seu filho levou uma mordida de um animal na rua, continue com esta leitura e descubra o que fazer.

Vamos lá?

Tipos de mordida

O tamanho do animal, bem como sua força e a intensidade da mordida, vão classificar o tipo da ferida causada em seu filho:

  • Lesão leve– não sangram e causam apenas arranhões; essas são menos preocupantes.
  • Perfuração– não importa que seja superficial ou profunda, neste caso a ferida começa a sangrar e fica sujeita a infecção devido às várias bactérias presentes na saliva do animal.
  • Esmagamento ou dilaceração– geralmente estes tipos de feridas são causadas por animais de grande porte e que possuem bastante força no maxilar; podem resultar em lesões internas e fraturas externas além de apresentarem o risco de infecções.

O que fazer após uma mordida de um animal na rua

Após uma mordida de animal na rua, o que você deve fazer é limpar vigorosamente área afetada com água e sabão por no mínimo 5 minutos.

Se houver sangramento, o local ferido deve ser comprimido com uma toalha limpa até que a hemorragia do seu filho seja estancada.

E quando buscar atendimento médico para seu filho?

  • Caso o sangramento não tenha cessado.
  • Se houver exposição de estruturas internas, tais como, nervos, músculos e tendões.
  • Mordidas com grave lesão da pele.
  • Lesão dos tendões.
  • Caso haja lesões extensas que precisem ser saturadas.
  • Ou mordidas penetrantes profundas.

Se a ferida causada pela mordida do animal em seu filho parecer estar piorando com o passar das horas é muito importante que você também o leve para se avaliado por um médico.

Atenção!

Mesmo que atualmente as chances de um animal não ter o vírus da raiva sejam poucas, devido à gravidade dessa doença é importante estarmos sempre alerta.

Se você ou seu filho forem mordidos por um animal desconhecido do qual você não sabe o histórico de vacinação dele é preciso que tome algumas medidas:

  • Observe o animal por pelo menos 10 dias.
  • Tente capturar o animal, se possível, para que ele seja avaliado por um veterinário.

Caso não seja possível tomar nenhuma dessas duas medidas, leve seu filho ao hospital mais próximo para o tratamento preventivo.

Como se prevenir da mordida de animais

Seja na rua ou em qualquer outro lugar, uma das dicas para ficar longe desses tipos de acidentes, é não deixar as crianças sozinhas no mesmo ambiente que os animais.

Outras dicas referentes a isso são:

  • Continue ensinando seu filho a não abordar, mexer ou provocar animais desconhecidos (principalmente os de rua) e sempre pedir permissão ao dono do pet se ele quiser acariciar o animal.
  • Evite animais desconhecidos, estranhos ou de aparência doente.
  • Não interfira ao presenciar animais brigando ou se alimentando, já que estas atitudes quando interrompidas podem ser o convite perfeito para mordidas.
  • Evitar correr ou tentar fugir do animal também é importante, vez que ele pode interpretar isso como uma ameaça ainda maior atacando seu filho de modo mais agressivo.

Entendeu o que fazer se seu filho levar uma mordida de animal?

Portanto, levar uma mordida de um animal na rua é uma experiência assustadora para uma criança sendo possível que, eventualmente, seu filho comece a ficar assustado na presença de animais.

Se o ataque tiver sido muito agressivo é importante que busque ajuda psicológica para ele superar o trauma.

Agora que você já terminou este artigo, saiba que tem muito mais informações importantes. Clique aqui.

Resta mais alguma dúvida? Deixe nos comentários que terei prazer em te responder!

Um forte abraço.