A importância da segurança na melhor idade.

A terceira idade, ou melhor idade, como também é conhecida, teve seu significado bem modificado nos últimos anos. Graças aos avanços na saúde e bem-estar, hoje os idosos vivem de forma mais plena e aproveitam bem mais essa fase da vida. Porém, não se podem deixar os cuidados de lado.

É preciso estar atento à segurança deles e proporcionar uma velhice segura para que ela seja aproveitada ao máximo.

Cuidados básicos em casa

Os idosos possuem menos reflexos do que na juventude. Por isso, muitas vezes eles podem passar despercebidos em degraus e soleiras, o que pode causar acidentes. Temos de pensar que em caso de queda, a recuperação do idoso é muito mais demorada e pode trazer sérias consequências.

Utilize algum método que faça com que ele consiga notar a presença do degrau que está por vir, como luzes de led em volta delas. Além disso, ter corrimões para auxiliar o acesso às escadas é muito importante.

Não descuide da saúde

Por mais que não exista nenhum problema a olhos vistos, é sempre bom estar atento com a saúde.  A realização de exames de rotina deve ser constante e ainda mais frequente na chegada da terceira idade.

Lembre-se de que caso existam problemas de saúde, caso eles sejam detectados no início, a possibilidade de cura é bem maior e os cuidados terão de ser menos intensos, trazendo menos desconforto para a vida do idoso.

Estimule a prática de exercícios

Não é porque a terceira idade chegou que os exercícios devem ficar de lado. Inclusive, muitos idosos são adeptos das atividades físicas. Mas, é interessante que ele esteja sempre acompanhado de alguém que esteja sempre alerta para evitar lesões.

O uso de tênis com sola antiderrapante, joelheiras e até mesmo capacete, caso ele opte por andar de bicicleta, auxiliam na segurança e evitam acidentes mais graves. A prática de exercícios é importante e deve ser estimulada, pois auxilia no bom funcionamento da mente e fortalece os músculos do corpo.

Apoio psicológico

Com o passar dos anos, muitas experiências já foram vividas e alguns idosos não sabem lidar com determinados sentimentos, principalmente no caso de perda do companheiro, companheira ou algum parente muito próximo.

Nesses momentos, o apoio psicológico é importante para mostrar à pessoa que a vida irá continuar e que é preciso seguir em frente. O psicólogo pode trazer segurança para o idoso e ainda evitar casos mais graves, como a depressão.

Atenção é essencial

Receber carinho e atenção dos familiares é primordial para que o idoso se sinta bem e mais seguro dentro de seu próprio ambiente. Faça questão de conversar, demonstrar o quão importante é para a família que ele se sinta querido por todos e que seu bem-estar faz a diferença para todos.

Permita que ele desabafe, conte suas histórias e experiências, faça com que ele se sinta útil. Isso passará a segurança que é importante para ele e fará com que os laços da família fiquem ainda mais estreitos.