6 animaizinhos que são muito perigosos

Alguns insetos parecem não ser perigosos quando você os vê. Porém, se estes animaizinhos que são muito perigosos entrarem em contato com você, sua picada pode causar sérios problemas à sua saúde. Pensando nisso, este artigo foi preparado justamente com a intenção de alertar sobre o assunto. Vejamos a seguir 6 animais venenosos e peçonhentos que podem  trazer perigos reais.

  1. Aedes aegypti

Esse, está frequentemente nas mídias e campanhas contra a dengue. Porém, ainda existem muitas pessoas que o encara como um mosquito normal, como a muriçoca, e muitos não sabem a verdadeira aparência dele.

Se o mosquito em si parece ser inofensivo, imagine descobrir depois que ele pode transmitir doenças mortais, como o vírus da dengue, Zika ou chicungunha.

  • Este vírus começa com sintomas que se parecem com a gripe e podem levar a uma inflamação mortal no corpo todo.
  1. Vespa mandarina

A vespa gigante na Ásia é a mais mortífera de todas as espécies de vespas. Algumas dessas vespas chegaram à América do Norte e do Sul em contêineres.

  • Elas são tão grandes quanto o polegar e viajam em grupos que atacam violentamente as colmeias por seu mel.
  • Sua picada pode ser extremamente perigosa para os seres humanos. Portanto, fique longe deste enorme inseto se você vir um.
  1. Viúva negra

Embora as aranhas não sejam insetos (são aracnídeos), elas são frequentemente confundidas com suas primas de seis patas.

Não deixe que o tamanho pequeno desta aranha engane você: seu veneno é mais perigoso que o de uma cobra!

  • Esta aranha preta brilhante tem uma pequena marca de ampulheta vermelha nas costas.
  • Ela gosta de se esconder em garagens, pilhas de madeira e onde quer que haja umidade.
  • Embora raras, a maioria das mordidas costuma ocorrer de abril a outubro.
  • Uma picada causa dor intensa, vermelhidão, inchaço e marcas de gancho e pode levar a espasmos, cólicas, febre, calafrios, náuseas e vômitos na próxima meia hora.
  • Não entre em pânico se for picado, mas procure ajuda médica imediata.
  1. Aranha-marrom (Loxosceles)

Embora eles não sejam muito comuns no Brasil, eles foram relatados.

  • A cor desta aranha varia de marrom a amarelo escuro. Procure a marca em forma de violino que aponta para suas costas.
  • Uma mordida causa uma variedade de sintomas, incluindo espasmos, cãibras, febre, calafrios, náuseas e vômitos.
  • Em caso de picada, consulte um médico.
  1. Escorpiões

No Brasil temos predominantemente, a ocorrência de dois tipos de escorpiões, que são os mais vistos : o Escorpião Marrom e o Escorpião Amarelo. Entre ambos , destaca-se o Escorpião Amarelo com veneno mais perigoso.

Os escorpiões produzem substâncias tóxicas que são chamadas de peçonha e que causa uma reação parecida com a ferroada da abelha. A picada de um escorpião é muito dolorosa, embora geralmente não ofereça perigo de morte.

Tem hábitos noturnos e durante o dia, buscam lugares escuros, acomodam-se em frestas, sob pedras, folhas e troncos. É muito comum que os escorpiões aproveitem a existência de locais com entulhos, resultado de podas e capinamento e em restos materiais para construção ou reformas, por exemplo. Portanto, é altamente recomendável que se mantenha as áreas externas das casas, livres de locais apropriados para a proliferação destes animais.

A picada de um escorpião pode causa muita dor local, febre, sudorese, desconforto respiratório ou dificuldade para respirar e pode levar a óbito, principalmente crianças e idosos. Em caso de picada, lavar com água e sabão, manter a região em repouso e procurar um posto de saúde com urgência, para que receba o soro que neutralizará a toxina. Dependendo da quantidade de veneno inoculada, o caso se torna mais grave. Nunca faça torniquete no local onde houver picada de um animal. Em caso de picada, consulte um médico imediatamente.

  1. Abelha

A abelha pode parecer um animal inofensivo, e realmente, seu ferrão não chega a “matar”. Então, por que ela está sendo como classificada como um dos insetos perigosos da lista?

A resposta é simples: muitas pessoas estão diariamente sendo picadas por esse animal, mas o problema vem quando a mesma não sabe que tem alergia à abelhas.

A verdade é que o número de pessoas que descobriram ter essa alergia apenas depois da picada tem se mostrado grande nos últimos anos, e isso está preocupando um pouco a OMS.

Então, se você não tem certeza, é bom que se mantenha distância de abelhas, pois estas podem ser mortais se atacarem juntas, principalmente quando atacam alérgicos.

Conclusão

Tome cuidado com todos esses animaizinhos mantendo distância deles. Podem parecer inofensivos, porém, seu perigo é grande, e pode gerar muita dor e sofrimento se não tomarmos cuidado com eles.